Das dificuldades desse “povo de TI” – Parte 1: prioridades que mudam

Nesse mundo de TI as prioridades mudam o tempo todo, muito comumente por um fato muito simples: na grande maioria das vezes nossa área é apoio à operação das empresas, e não o fim. Quando a operação tem que mudar, a TI tem que ir junto. Muita gente já falou sobre isso: que acontece o tempo todo, que os profissionais não gostam, bla bla bla, yada yada yada, tereréu tereréu tereréu.

Portanto, não faz sentido falar novamente a respeito disso, afinal a vida é feita essencialmente de três coisas:

  1. Problemas
  2. Soluções
  3. Fatos

Tudo que é problema, tem solução e tudo que não tem solução é fato. Simples assim. Mudar é difícil, especialmente prioridades, mas não é impossível – isso é fato.

Sendo as prioridades mudando uma constante, precisamos de formas de minimizar seus efeitos em nossas mentes. Algumas possíveis soluções:

Solução nº 1: entenda a razão da mudança

Se um projeto de repente é mais importante que o outro, certamente existe uma razão para isso. Mesmo que ela seja muito desconcertante (exemplo: por que eu quis), vai ser melhor resolver o novo projeto sabendo de sua importância superior do que resolver sem saber e ficar remoendo aquela mudança inesperada que, provavelmente, se deu devido à falta de planejamento de outrem. Mais do que isso: vai te fazer ter mais carinho e cuidado com o que está fazendo.

Ah, sabendo da razão você pode aprender com isso e tentar evitar uma nova ocorrencia desse tipo de urgência.

Solução nº 2: prepare-se melhor

Essa é mais difícil. Preparar-se melhor geralmente significa fazer menos tempo as coisas que você mais gosta. Se você gosta de programar, certamente não é muito fã de escrever documentos longos que não geram efeito nenhum na vida de alguém.

Fazer essa mudança é difícil, especialmente se você já está há muito tempo fazendo algo, digamos, artesanal e que adora.

Solução nº 3: trabalhe em um lugar que você goste das pessoas, clientes, trabalho, lucros, independente das prioridades

Se tudo isso for verdade, dificilmente as mudanças de prioridades vão te fazer tão mal assim.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s